Narrativa de Dados e o objetivo da empresa

Data Storytelling e o objetivo da empresa

A quantidade de dados coletados têm aumentado exponencialmente nos últimos anos. Com isso os relatórios e painéis reúnem cada vez mais visualizações de dados, onde é sempre um desafio compreendê-los para tomada de decisão.

Nesse contexto atual precisamos lembrar também que os dados são depreciados rapidamente, fazendo com que os diversos profissionais envolvidos precisam ser capazes de receber, compreender e agir de acordo com os insights dos dados praticamente em tempo real. Perder muito tempo com tabelas, gráficos e outras visualizações de dados é um tempo que poderia ser utilizado na próxima grande decisão de negócios.

Desenvolver visualizações de dados é um processo demorado. Contar a história dos dados pode ajudar a diminuir esse tempo.
Desenvolver visualizações de dados pode ser demorado.

A narrativa de dados pode ajudar a compreensão mais rápida do que realmente é importante extrair dos dados. Quando observamos os dados a partir do objetivo do nosso público-alvo, conseguimos mais assertividade nas apresentações, principalmente em reuniões de trabalho.

Fornecer histórias mais simples que mantenham a integridade dos dados e desmitifique sua complexidade, ajuda a equipe a seguir para os próximos passos ao invés de ficar horas desenvolvendo gráficos de barras, dispersão, pizza, entre outros tipos. Mesmo utilizando ferramentas de self-service-bi (Power BI, Tableu) o tempo de desenvolvimento é demorado e quase sempre os dashboards precisam ser refeitos constantemente para atender novos objetivos e novas perguntas.

No processo de análise dos dados precisamos responder rapidamente as perguntas do nosso público-alvo, podendo ser o conselho administrativo da empresa, a diretoria ou mesmo nossos clientes. Essas perguntas reunidas são o objetivo que a narrativa de dados também precisa responder.

Identificando o Objetivo

Objetivo Claro para o Data Storytelling
Objetivo precisa ser claro

Para uma boa narrativa de dados é preciso identificar ou auxiliar o público-alvo a deixar esse objetivo o mais claro possível. Quanto mais claro o objetivo mais rápida será a resposta da equipe na entregar das informações e insights. um objetivo claro atende atende pelo menos três requisitos: motivo (o por quê), onde (lugar) e quando (tempo). Por exemplo, aumentar em 20% as vendas do produto “A” na região de Campinas-SP nos próximos 12 meses. A partir desse objetivo claro, podemos começar a desenvolver a história de dados.

Contar a história dos dados é demonstrá-los de uma forma contextual que ajuda a compreensão do nosso público. Precisa ser planejada para alcançar os objetivos propostos, reforçando que não pode ser tendenciosa e nem metafórica demais, precisa ser compreendida rapidamente inclusive para gerar novas perguntas. Lembre-se precisamos entreter a audiência, mas com aquilo que ela precisa para avançar na sua tomada de decisão ou na sua próxima fase.

Executivos e gestores na maioria das vezes podem ter o objetivo claro para que precisam dos dados: aumentar as vendas nos próximos sete meses, diminuir os custos de cinco áreas que menos lucram, aumentar a equipe nos próximos três meses, entre outros. Mas talvez a equipe não tenha captado adequadamente esses objetivos. E como fazer isso?

Data Storytelling canvas
Data Storytelling Canvas auxilia o planejamento da história dos dados

Uma dica é experimentar antes de iniciar uma jornada em analisar um conjunto de dados, conversar e apresentar a sua equipe uma narrativa que os dados podem conduzir para atingir esses objetivos. Planejando os passos e principalmente alinhando objetivos com as bases de dados disponíveis ou necessárias. Na maior parte das vezes a equipe acaba analisando dados que não servem para alcançar o objetivo da empresa.

Durante o planejamento da história dos dados, a equipe, com foco no objetivo, poderá trazer novas descobertas e insights que ajudarão a empresa a seguir em frente.

Você também pode querer ler:

Data Driven: data storytelling é o próximo passo.