Potencialize a análise de dados com data storytelling

Planejar e contar história dos dados

Um dos objetivos de data storytelling é potencializar as análises de dados para condução de decisões e ações. Com a definição do objetivo do público-alvo é possível potencializar a análise de dado contando a história dos dados.

Os relatórios e painéis têm geralmente uma função informativa, representando um momento instantâneo de um negócio ou objetivo proposto pela análise. Esses dashboards auxiliam no processo de tomada de decisão, mas por outro lado, uma história de dados, fornece informações rápidas que já orientam uma ação.

Contar a história de dados incorpora várias formas de análises que podem ser para obter:

  • Caminhos alternativos (análise prescritiva);
  • Contexto para o que está acontecendo (análise descritiva);
  • Significado mais profundo para o porquê está acontecendo (análise de diagnóstico);
  • Visualizar um estado futuro provável (análise preditiva);
A história de dados pode incorporar várias formas de análises

Quando essa narrativa é combinada a visualização, ainda podemos conduzir o público a agir e decidir rapidamente dentro de um processo visual e até cognitivo. potencializar a análise de dado contando a história dos dados potencializar a análise de dados com história de dados e elevar para um próximo nível.

Contar história de dados potencializa os processos de análises.

As equipes de análise estão sendo cada vez mais solicitadas nas empresas, sendo que algumas estão em processo ainda de formação. Com o aumento de demandas de análises de dados para tomada de decisão, essas equipes precisam desenvolver novas habilidades além de construir relatórios e painéis. Precisam avançar em planejar e contar história de dados.

Planejar, produzir e contar a história dos dados.

As equipes de uma empresa podem utilizar a narrativa de dados para apreender quais partes do processo de análise são fundamentais para a empresa e seus objetivos de negócio. Quando a equipe passa por esse processo em apreender a contar história dos dados, os profissionais percebem que precisam planejar mais suas ações de análise de dados, do que simplesmente automatizar processos. O excesso de automação de processos de análise de dados tende a gerar ruídos na tomada de decisão, que na maioria das vezes acostuma com as informações apresentadas e com repetitivos insights gerados.

A função da história dos dados (data storytelling) é transpor esse ruído, e de certa forma, encantar o público para que este perceba novas perspectivas e receba não apenas insights, mas também indicações de ações a serem executadas.

História de dados indicam ações práticas

As ações indicadas numa história de dados são enfatizadas no processo de conclusão da apresentação ou visualização dos dados. Potencializar a análise de dados contando a história dos dados, potencializa os resultados. Assim como um filme ou desenho animado, ou mesmo um espetáculo de teatro, o data storytelling bem planejado consegue finalizar uma mensagem entregando ações executáveis ​​que podem ser, por exemplo:

  • Sugerir análise de novos conjuntos de dados;
  • Alterar indicadores de desempenho;
  • Percepção de mudanças de perfil de consumo dos clientes;
  • Listar jogos de melhorias na equipe;
  • Incorporar novos conhecimentos sobre o negócio.

Gerar relatórios e painéis é um dos alicerces das empresas hoje. Mas é importante saltar para o próximo passo simultaneamente, que é usar a equipe a planejar e contar a história dos dados.


Autor: Stéfano Carnevalli é Data Storyteller e têm realizado pesquisas com tecnologias imersivas para apresentação de história de dados.

Leia também: Data Storytelling Canvas: conte a história do seus dados

Cursos “Data Storytelling, planejando a história dos dados”:

SYMPLA – cursos com aulas ao vivo e on demand

Udemy – Aulas gravadas com arquivos e exercícios práticos